Terça, 19 de fevereiro de 2019
86 98165 4965
MUNICÍPIOS

30/01/2019 ás 19h08

51

MARCELO BARROS

COCAL DE TELHA / PI

Corpo estranho é deixado em braço de paciente após cirurgia em Piripiri
Novo procedimento cirúrgico será realizado para a retirada do material
   Corpo estranho é deixado em braço de paciente após cirurgia em Piripiri

O senhor Hilson da Paz Aragão, 59 anos, morador do Parque Recreio, será submetido a uma cirurgia para retirada de um corpo estranho do seu braço esquerdo, após a retirada de um acesso venoso, para administração de mendicamentos, no Hospital Regional de Piripiri. Ele havia acabado de passar por uma cirurgia no calcanhar. 

Após exames no hospital e também particulares, o novo procedimento cirúrgico foi marcado para essa quinta-feira (30), no H. R. Chagas Rodrigues. 

ENTENDA:

O corpo estranho está alojado desde setembro de 2018, quando foi submetido a uma cirurgia no calcanhar. Após a cirurgia, foi colocado um acesso venoso. Segundo senhor Hilson, quando foi retirá-lo, um dos profissionais usou uma tesoura para cortar o esparadrapo e parte do Jelco também teria sido cortado e ficou internamente. O jelco é um dispositivo flexíveis onde à agulha é envolvida por um material flexível. Esse material que teria ficado no braço do paciente. 

Senhor Hilson conta que percebeu e disse ao profissional, mas o mesmo falou que não tinha nada errado e para ele ir dormir. Seis dias depois, o paciente voltou e um médico disse iria normalizar naturalmente. 

Sentindo dores, senhor Hilson retornou ao hospital. Dia 21 de janeiro, a direção hospital mandou fazer ultrassom, fazendo a constatação de algo com "especto cilíndrico" (EMBAIXO, DETALHES OBSERVAÇÕES DO EXAME). Nessa terça-feira (29), o paciente foi ao hospital, para a cirurgia, mas o cirurgião adiou, pois senhor Hilson havia tomado uma medicação incompatível com a realização do procedimento. "Eu disse que havia tomando uma ASS e ele falou que era perigoso, por causa desse remédio", detalha. 

Nessa quinta-feira (31) foi marcada a cirurgia. "O que quero é que o hospital se responsabilize e corrija isso. Foi em setembro", finaliza senhor Hilson.

FONTE: PORTAL PIRIPIRI REPORTER

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium